Dia do Meio Ambiente: Salvador Bahia Airport registra importantes avanços em sustentabilidade

Dia do Meio Ambiente: Salvador Bahia Airport registra importantes avanços em sustentabilidade

No dia 05 de junho, comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente, para chamar atenção sobre a importância de preservação ambiental. Na capital baiana, um exemplo nesse sentido é o Salvador Bahia Airport, que tem se destacado por seus avanços na área de sustentabilidade em um curto período de tempo.

 

Já no primeiro ano da sua integração à rede VINCI Airports, ocorrida em 2 de janeiro de 2018, conquistas importantes foram alcançadas, como a obtenção do primeiro nível de certificação ACA (Airport Carbon Accreditation), concedida pela organização Airport Council International (ACI), que avalia e reconhece os esforços de redução de gases de efeito estufa gerados pelos aeroportos.

 

Em mais um exemplo do seu compromisso ambiental, o Aeroporto aumentou em 34% o seu índice de reciclagem. Está em fase de ajustes finais a sua nova Central de Resíduos, que terá capacidade para processar de forma mais moderna e eficiente cerca de 3 mil toneladas de resíduos por ano. A expectativa é alcançar o índice de 50% de reciclagem ainda em 2019 e chegar a 100% em 2020.
 

No ano passado, foi instalada uma Estação de Tratamento de Efluentes, com 99,5% de eficiência, que permitiu adotar no Terminal o reuso de água. Atualmente, este recurso é aproveitado nas obras em curso no Aeroporto, jardinagem e resfriamento de asfalto. A partir do segundo semestre, o sistema de reuso incluirá também vasos sanitários, atividades dos bombeiros e torres de resfriamento.
 

As ações não param por aí, o Salvador Bahia Airport já substituiu mais de 1100 lâmpadas convencionais por LED, reduzindo cerca de 66% do consumo energético com iluminação, além de terem sido instalado novos elevadores e escadas rolantes mais eficientes. Em paralelo a isso, está sendo estudada a implantação de uma usina solar de até 5MW, ainda este ano, capaz de suprir a necessidade energética do novo Terminal e píer que estão em construção.

 

Em mais uma frente de atuação ambiental, o trabalho realizado no gerenciamento de risco de fauna em 2018 resultou na redução de 75% no número de colisões de aves com danos às aeronaves em relação a 2017, o que torna o Aeroporto mais seguro e contribui para a preservação da biodiversidade local. Soma-se a isto, a obtenção de licença para manejo de fauna, que permite a captura de animais encontrados no sítio aeroportuário, encaminhamento para tratamento veterinário, identificação da espécie e posterior devolução à natureza.

 

“Temos um sólido compromisso com o desenvolvimento sustentável, que norteia todas as nossas ações. A responsabilidade ambiental é um valor no grupo VINCI, então procuramos investir em novas tecnologias, aprimorar nossos processos e engajar nossos colaboradores em prol da sustentabilidade”, pontuou Rodrigo Tavares, Gerente de Meio Ambiente do Salvador Bahia Airport.

 

Todas as ações em prol da sustentabilidade desenvolvidas no aeroporto da capital baiana estão alinhadas à Air Pact, estratégia ambiental global da rede VINCI Airports. A política estabelece como meta global a obtenção da certificação ACA por todos os aeroportos do grupo até 2020. Outros compromissos para esta mesma data são: redução da intensidade energética dos aeroportos em 20% (em comparação com 2013), a realização do diagnóstico de risco da biodiversidade e a obtenção da certificação ISO 14001, que reconhece empresas com metas e processos estabelecidos visando maior performance ambiental e melhoria contínua.

 
Sobre o Salvador Bahia Airport

 

Localizado na capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport está na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país. Durante o ano de 2018, mais de 8 milhões de passageiros viajaram pelo terminal para cerca de 30 destinos com ligação direta, entre domésticos e internacionais.

 

O Salvador Bahia Airport foi integrado à rede VINCI Airports em 2 de janeiro de 2018, através de um Contrato de Concessão com duração até 2047. Visando oferecer uma melhor experiência aos seus passageiros e um melhor serviço às companhias aéreas, a VINCI Airports deu início a um ambicioso plano de investimentos para modernizar e ampliar o aeroporto. A primeira fase das obras, que inclui a construção de uma nova área de 20.000 m² e a remodelação do terminal existente, estará concluída em outubro de 2019.


 
Sobre a VINCI Airports

 

A VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos localizados na França, em Portugal, no Reino Unido, na Suécia, Sérvia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.

 

Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada.  Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br.