Obras na pista principal do Salvador Bahia Airport entram na última fase

Obras na pista principal do Salvador Bahia Airport entram na última fase

Na madrugada desta quinta-feira (23), iniciou a última etapa de intervenções na pista principal do Salvador Bahia Airport. As melhorias serão realizadas na parte central da pista e incluem sistema de drenagem, recapeamento e repintura da sinalização horizontal. O objetivo é aumentar a segurança e se adequar às normas internacionais de aviação.

 

As intervenções na pista principal foram iniciadas em setembro do ano passado e divididas em três etapas. A primeira e a segunda contemplaram recapeamento, melhorias no acostamento e na sinalização horizontal, ajustes na faixa de pista e implantação da área de segurança de fim de pista (RESA) nas duas extremidades.

 

Com as obras de requalificação na parte central, do dia 23 de maio até o final do mês de setembro, pousos e decolagens no Salvador Bahia Airport acontecerão na pista auxiliar (17/35) nas madrugadas de terça a sábado, entre 01h30 e 08h30. As companhias aéreas e autoridades do setor aeroportuário foram comunicadas da intervenção com antecedência, com o objetivo de minimizar possíveis impactos operacionais.

 

Renovação

 

A pista auxiliar foi completamente reformada e está em perfeitas condições de operação da aviação comercial. A obra foi finalizada no começo de outubro de 2018 e permitiu que a 17/35 se tornasse apta a receber aeronaves de maior porte, cuja envergadura pode chegar a 36 m, como o Boeing 737 e o Airbus 320.  As mudanças estão em sintonia com as melhorias que vem sendo implementadas pela VINCI Airports na infraestrutura do Salvador Bahia Airport.

 

Uma das principais intervenções realizadas na 17/35 foi uma melhor delimitação da chamada área de segurança (RESA) no final da pista, que é uma área de escape com o objetivo de reduzir riscos de danos à aeronave em casos de pouso com toque antes da cabeceira ou ultrapassagem da cabeceira oposta. Algumas das outras melhorias feitas foram: a adequação da faixa de pista e da faixa preparada da pista de pouso e decolagem e implantação de acostamentos das principais taxiways.

 

Sobre o Salvador Bahia Airport

 

Localizado na capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport está na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país. Durante o ano de 2018, mais de 8 milhões de passageiros viajaram pelo terminal para cerca de 30 destinos com ligação direta, entre domésticos e internacionais.

 

O Salvador Bahia Airport foi integrado à rede VINCI Airports em 2 de janeiro de 2018, através de um Contrato de Concessão com duração até 2047. Visando oferecer uma melhor experiência aos seus passageiros e um melhor serviço às companhias aéreas, a VINCI Airports deu início a um ambicioso plano de investimentos para modernizar e ampliar o aeroporto. A primeira fase das obras, que inclui a construção de uma nova área de 20.000 m² e a remodelação do terminal existente, estará concluída em outubro de 2019.

 

Sobre a VINCI Airports

 

A VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos localizados na França, em Portugal, no Reino Unido, na Suécia, Sérvia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.

 

Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada.  Mais informações estão disponíveis emwww.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br