Salvador Bahia Airport é escolhido para sediar novo conceito de loja de gigante mundial de produtos importados

Salvador Bahia Airport é escolhido para sediar novo conceito de loja de gigante mundial de produtos importados

Inauguração oficial acontece em 3 de julho com presença do sócio da Duty Free Americas
 
A primeira loja da Duty Free Americas (DFA), gigante mundial do setor de comércio duty free, com conceitos completamente customizados será inaugurada na próxima quarta-feira (3) no Salvador Bahia Airport. Atendendo ao conceito comercial de trazer uma forte identidade local e de valorização da experiência do passageiro, a loja ganhou produtos e características arquitetônicas que remetem à cultura e paisagem da Bahia.

A DFA Shop Salvador é também a primeira loja do grupo do tipo duty paid, que reúne as conveniências de um "free shop", mas para todos os públicos, inclusive passageiros domésticos. O ineditismo e a presença do sócio da companhia, Simon Falic, na inauguração demonstram o quanto o mercado baiano é estratégico para a companhia.  Além disso, o modelo desenvolvido especialmente para Salvador Bahia Airport também chamou a atenção de executivos globais da VINCI Airports: o diretor global comercial e de operações da VINCI Airports, Pierre-Hugues Schimit, e o diretor da Área Portugal e Brasil da VINCI Airports, Thierry Ligonnière, estarão na capital para a inauguração.

A loja tem 845m² de área, dividida em dois andares, e está localizada na nova área do embarque doméstico do Salvador Bahia Airport. Do tipo "walk through", tem seções distribuídas pelo trajeto do passageiro até o salão de embarque, trazendo mais comodidade aos consumidores. Além dos produtos importados, o viajante poderá encontrar o melhor das marcas brasileiras, como Granado, Blue Man e Lola Cosmetics.  Uma das seções centrais da Duty Paid se assemelha a uma feira livre e traz produtos tipicamente regionais, como as farofas produzidas por Tereza Paim, doces típicos da Amazônia, entre outros.  

Entre os itens importados comercializadas estão: chocolates Lindt, perfumes Chanel, Carolina Herrera e Dior, bebidas Absolut, Jack Daniels e Johnnie Walker.  Serão distribuídas com exclusividade em Duty Paid marcas de acessórios para viagem Bloom e TR3, além das marcas de vestuário Colcci e Blue Man.

Unificação

Em meados de agosto, acontecerá a unificação dos embarques doméstico e internacional, que ficarão concentrados no segundo pavimento, melhorando significativamente a experiência dos viajantes internacionais, proporcionando uma experiência comercial unificada com os passageiros domésticos. Nesta mesma época, entrará em operação o novo píer de aeronaves, que irá acrescentar mais seis pontes de embarque ao aeroporto.

A DFA já opera outra loja no Salvador Bahia Airport, no desembarque internacional, no modelo "duty free". A unidade tem 600 m², é a maior do tipo no Nordeste, e foi inaugurada em dezembro do ano passado. Uma terceira loja será aberta em agosto, no novo píer com mais produtos "duty free" para os passageiros em partidas internacionais.

Sobre o Salvador Bahia Airport

Localizado na capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport está na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país. Durante o ano de 2018, mais de 8 milhões de passageiros viajaram pelo terminal para cerca de 30 destinos com ligação direta, entre domésticos e internacionais.

O Salvador Bahia Airport foi integrado à rede VINCI Airports em 2 de janeiro de 2018, através de um Contrato de Concessão com duração até 2047. Visando oferecer uma melhor experiência aos seus passageiros e um melhor serviço às companhias aéreas, a VINCI Airports deu início a um ambicioso plano de investimentos para modernizar e ampliar o aeroporto. A primeira fase das obras, que inclui a construção de uma nova área de 20.000 m² e a remodelação do terminal existente, estará concluída em outubro de 2019.

Sobre a VINCI Airports

A VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos localizados na França, em Portugal, no Reino Unido, na Suécia, Sérvia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.

Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada.  Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br.