VINCI Airports assina contrato com construtoras para a primeira fase de modernização e expansão do Aeroporto Internacional de Salvador

VINCI Airports assina contrato com construtoras para a primeira fase de modernização e expansão do Aeroporto Internacional de Salvador

A Concessionária do Aeroporto de Salvador S.A., subsidiária do grupo VINCI Airports, assinou um contrato de EPC (sigla em inglês para Engenharia, Gestão de Compras e Construção) com um consórcio formado pelas empresas Teixeira Duarte Engenharia e Construções S.A, Alves Ribeiro S.A. do Brasil e OEngenharia LTDA. para a execução da primeira fase das obras de expansão e modernização do Aeroporto Internacional de Salvador, Bahia. As empresas escolhidas usarão sua extensa experiência em projetos de infraestrutura, inclusive no Aeroporto de Lisboa, que também é operado pela VINCI Airports, para implementar o plano de melhorias e renovação da Concessionária para o Aeroporto Internacional de Salvador. 


Conforme previsto no Contrato de Concessão, as obras de melhoria e expansão do aeroporto serão divididas em duas fases (1B e 1C), que se estenderão pelos próximos quatro anos. O contrato assinado hoje se refere às obras da primeira etapa (1B), cujo início está previsto para abril de 2018. A previsão de conclusão é outubro de 2019. A fase seguinte (1C) tem previsão de conclusão para outubro de 2021. A concessionária assumiu a gestão do aeroporto no dia 2 de janeiro de 2018.
“Estamos muito animados por darmos início a um processo tão fundamental para a transformação do Aeroporto Internacional de Salvador em um equipamento de alto nível em termos de qualidade de serviço. Boa parte dos trabalhos de melhoria e expansão do aeroporto se concentrará nessa primeira fase, permitindo que os passageiros percebam mudanças positivas em um curto espaço de tempo”, afirma Julio Ribas, CEO do Aeroporto Salvador Bahia.


Sobre a VINCI Airports

A VINCI Airports, uma das cinco principais empresas globais do setor de aeroportos, gerencia o desenvolvimento e as operações de 36 aeroportos localizados na França, em Portugal (incluindo o hub de Lisboa), no Camboja, no Japão, na República Dominicana, no Chile e no Brasil. Com a presença de mais de 200 companhias aéreas, os aeroportos VINCI registraram um tráfego de 156.6 milhões de passageiros em 2017. 
Por meio de sua expertise e do profissionalismo de seus 12 mil funcionários, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, extensões de instalações e novas construções. 
Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com.