Sistema de ar condicionado na área de desembarque será desligado nesta sexta, 16

Sistema de ar condicionado na área de desembarque será desligado nesta sexta, 16

Com investimentos de cerca de 10 milhões, Aeroporto de Salvador renova os equipamentos de ar condicionado do antigo terminal.


Em mais uma importante etapa de entrega das obras de requalificação, o Salvador Bahia Airport informa que o sistema de ar condicionado na área de desembarque será desligada nesta sexta-feira, dia 16 de agosto, à partir das 8 horas. A medida, que durará 24 horas, é necessária para que sejam realizadas as primeiras intervenções nas casas de máquina de ar condicionado existentes no aeroporto para a substituição dos equipamentos antigos e ineficientes por máquinas mais modernas e adequadas ao fluxo do terminal.


Com investimentos de cerca de R$ 10 milhões entre adequação da infraestrutura existente e compra das máquinas, os novos equipamentos terão maior vazão de ar e serão instalados tanto no desembarque doméstico como no internacional, além da praça de alimentação e da área de embarque do píer atual. A troca total das máquinas de ar condicionado acontecerá por etapas até o final do ano, visto que os 11 novos equipamentos adquiridos pesam mais de 35 toneladas e é necessário um trabalho cuidadoso e específico para sua instalação. Novos desligamentos estão previstos até dezembro.


“Reforçamos que estes transtornos são momentâneos, para que Salvador tenha um aeroporto mais funcional e confortável antes da chegada da alta estação”, ressalta Julio Ribas, presidente do aeródromo.


Sobre o Salvador Bahia Airport 


Localizado na capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport está na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país. Durante o ano de 2018, mais de 8 milhões de passageiros viajaram pelo terminal para cerca de 30 destinos com ligação direta, entre domésticos e internacionais.


O Salvador Bahia Airport foi integrado à rede VINCI Airports em 2 de janeiro de 2018, através de um Contrato de Concessão com duração até 2047. Visando oferecer uma melhor experiência aos seus passageiros e um melhor serviço às companhias aéreas, a VINCI Airports deu início a um ambicioso plano de investimentos para modernizar e ampliar o aeroporto. A primeira fase das obras, que inclui a construção de uma nova área de 20.000 m² e a remodelação do terminal existente, estará concluída em outubro de 2019. 


Sobre a VINCI Airports


A VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos localizados na França, em Portugal, no Reino Unido, na Suécia, Sérvia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.


Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada. Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br.