TAP pousará nesta quinta-feira (3) em Salvador após cinco meses

TAP pousará nesta quinta-feira (3) em Salvador após cinco meses

Voo vindo de Lisboa é primeira operação internacional a retornar no aeroporto da capital baiana


 
Às 04h20 dessa quinta-feira (3), pousa em Salvador o voo TAP 0023 trazendo passageiros de Lisboa. Este é um marco importante para a cidade, pois é a primeira rota internacional retomada no aeroporto da capital baiana após o início da pandemia de Covid-19. A aeronave com destino à capital portuguesa parte às terças e sábados às 20h05 e retorna às quintas e domingos.


A entrada de estrangeiros no Brasil está liberada. Nesse momento de pandemia, os brasileiros que apresentarem teste RT-PCR negativo para Covid-19 podem entrar em Portugal, basta mostrar o resultado à companhia aérea na hora de embarcar. O exame deverá ser impreterivelmente realizado nas 72 horas que antecedem o embarque no voo internacional. O referido teste não pode ultrapassar esse prazo.


É necessário atender ainda às exigências habituais requeridas para entrar em Portugal: apresentar passaporte com validade superior de pelo menos 90 dias ao tempo de duração da viagem, comprovante de acomodação, vínculo empregatício no Brasil e de meios financeiros para se sustentar durante a estadia.


Viagem segura


Para a segurança de todos, o uso de máscara é obrigatório dentro das aeronaves da TAP. Além disso, elas são equipadas com filtro do tipo HEPA, que extraem vírus e bactérias, e tem um sistema que renova o ar a cada 2 ou 3 minutos. Os aviões da companhia também são desinfectados diariamente e o serviço de bordo é entregue em embalagens lacradas.


Tanto no Aeroporto de Salvador quanto no de Lisboa o passageiro que for embarcar vai encontrar diversas medidas de proteção à Covid-19 em vigor. Ambos os terminais são administrados pelo grupo VINCI Airports e adotaram medidas como marcação de distâncias de segurança, disponibilização de álcool em gel e desinfecção constante de áreas comuns.


Viagens internacionais


No mês de outubro, a companhia aérea JetSmart voltará a voar desde Santiago para Salvador. Já em novembro é a vez da Air Europa retomar as viagens entre Madrid e a capital da Bahia. Ambas ofertarão duas partidas semanais. Com a reabertura progressiva de hotéis, resorts e outras atrações turísticas, Salvador e o destino Bahia voltam a ser opção para os visitantes nacionais e estrangeiros.

 

Sobre o Salvador Bahia Airport


Localizado em Salvador, capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport faz parte da rede VINCI Airports desde 2 de janeiro de 2018 através de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos. Desde então, o aeroporto tem incorporado padrões globais de operação, buscando entregar mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para os seus passageiros. Com este objetivo, foram realizadas obras de modernização e ampliação do terminal de passageiros, um investimento de R$ 700 milhões que ampliou sua capacidade em 50%, de 10 milhões para 15 milhões de passageiros ao ano.


Apontado como o "Aeródromo Mais Sustentável do Brasil", o Salvador Bahia Airport se destaca pelo seu pioneirismo em ações de preservação ambiental. Norteado pela Air Pact, estratégia global da VINCI Airports, o aeroporto foi o primeiro do Brasil a reutilizar 100% da água consumida, a não dispensar resíduos sólidos para aterros sanitários e a ter uma usina solar – com 4,2 MW de potência. As ações do aeroporto para redução de emissão de carbono o levaram ainda a receber a Certificação de Acreditação em Carbono (ACA Certification)  pelo Conselho Internacional de Aeroporto (ACI). Mais informações podem ser encontradas no site www.salvador-airport.com.br ou nas redes sociais @salvadorbahiaairport.


Sobre a VINCI Airports


A VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, administra o desenvolvimento e operação de 45 aeroportos localizados no Brasil, Camboja, Chile, Costa Rica, República Dominicana, França, Japão, Portugal, Sérvia Suécia, Reino Unido e Estados Unidos. Atendida por mais de 250 linhas aéreas, a rede VINCI Airports transportou mais de 255 milhões de passageiros em 2019.


Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento e know-how para otimizar a gestão e o desempenho dos aeroportos e fazer ampliações e outras melhorias. Em 2019, sua receita anual para atividades geridas foi de 4,9 bilhões de euros e de 2,6 bilhões de euros para receita consolidada. Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br.